Politica

Soraya Thronicke emprega cunhado no Senado: R$17 mil por mês

Ele teria de bater ponto no escritório em Campo Grande, mas nunca apareceu

acessibilidade:
Senadora Soraya Thronicke com o marido atrás, de óculos, e ao lado o irmão dele Joeldo de Oliveira: fartura de dinheiro público. (Fotos: Divulgação)

Defensora da moral e dos bons costumes e eleita na chamada “onda bolsonarista” em 2018, a senadora Soraya Thronicke (Podemos-MS) parece que não segue a cartilha que faz questão de pregar em discursos e publicações nas redes sociais.

O MS em Brasília recebeu uma denúncia anônima e, após checar a veracidade dos fatos, pública o caso que, além de violar a Constituição, de acordo com a Súmula Vinculante 13, do Supremo Tribunal Federal, é imoral perante eleitores da ex-candidata a presidente da República nas eleições em 2022.

Leia a matéria completa em MS em Brasília, parceiro do Diário do Poder.