Agronomia

Preço do Frango vivo sobe no Paraná e em Santa Catarina

De acordo com pesquisadores do órgão, o impulso veio do bom ritmo das exportações brasileiras, que contribuíram para enxugar a disponibilidade interna de proteína

acessibilidade:
Os dados foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (SECEX). (Foto: Cardoso, Lucas Scherer/Embrapa).

Março iniciou nesta sexta-feira (01) e trouxe a reação às cotações no mercado do frango. Segundo pesquisadores do Cepea, os preços médios da carne de frango subiram em fevereiro em relação ao primeiro mês do ano. De acordo com pesquisadores do órgão, o impulso veio do bom ritmo das exportações brasileiras, que contribuíram para enxugar a disponibilidade interna de proteína. 

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, a ave na granja ficou estável, valendo R$5,20/Kg, enquanto no atacado subiu 0,76%, valendo R$6,65/kg. No caso do animal vivo, o preço subiu 1,32% no Paraná, alcançando R$4,61/kg, e avançou 3,15% em Santa Catarina, custando R$4,58/kg.

Conforme informações do Cepea/Esalq,Vivo, referentes à quinta-feira (29), tanto a ave congelada como o frango resfriado ficaram com preço estável, custando, respectivamente, R$7,26/kg e R$7,33.

 

Reportar Erro