planos de saúde

Planos de Saúde voltarão atrás em cancelamento unilaterais, diz Lira

A decisão foi tomada depois do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) se encontrar com representantes do setor

acessibilidade:
Presidente da Câmara do Deputados, Arthur Lira. (Foto: Agência Câmara)

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta terça-feira (28), que os planos de saúde que rescindiram o contrato unilateralmente com os pacientes brasileiros nos últimos dias voltarão atrás na medida. A decisão foi tomada depois de Lira se encontrar com representantes do setor.

“Uma boa notícia para os beneficiários dos planos de saúde: em reunião realizada agora há pouco com representantes do setor, acordamos que eles suspenderão os cancelamentos recentes relacionados a algumas doenças e transtornos”, escreveu Lira no X (ex-Twitter).

Ao menos 20 operadoras de planos de saúde foram notificadas pela Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), por cancelarem unilateralmente os contratos com os pacientes. 

A medida, anunciada na última sexta-feira (24), foi tomada depois de a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) registrar ao menos 2.050 reclamações sobre o assunto. Segundo a secretaria, os consumidores reclamam de não conseguirem buscar alternativas depois de os contratos serem encerrados rapidamente. A preocupação é, principalmente, com beneficiários que necessitam de assistência contínua.

Reportar Erro