Distrito Federal

Deputados distritais comparecem à manifestação de Bolsonaro

Os filhos do ex-presidente não participaram do evento que contou com figuras importantes da política da capital federal

acessibilidade:
Aproximadamente 750 mil pessoas compareceram à manifestação (Foto: Reprodução/Instagram @celinaleao)

O ato convocado pelo ex-presidente, Jair Bolsonaro (PL) reuniu na Avenida Paulista (SP) no último domingo (25) representantes políticos do Distrito Federal para o apoio ao ex-presidente. O encontro ocorreu próximo ao Museu de Arte da capital paulista e reuniu aproximadamente 750 mil pessoas. 

Os filhos do ex-presidente não participaram do evento que contou com figuras importantes da política da capital federal. Entre os parlamentares do Congresso Nacional, estiveram presentes o senador Izalci Lucas (PSDB) e os deputados federais Alberto Fraga (PL) e Bia Kicis (PL). 

Já entre os distritais, compareceram Iolando (MDB), Thiago Manzoni (PL), Joaquim Roriz Neto (PL), Roosevelt Vilela (PL) e Paula Belmonte (Cidadania). A ex-ministra de Direitos Humanos, senadora Damares Alves (Republicanos), que está se recuperando de uma cirurgia, permaneceu em Brasília. 

Além disso, a vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão (PP), também se uniu a outros governadores de Estado na avenida Paulista, em São Paulo, durante o ato em apoio a Bolsonaro. 

Celina postou fotos em cima do trio, ao lado do presidente do PP, senador Ciro Nogueira. “Hoje é um dia emblemático e muito importante para todo o Brasil, a defesa pela liberdade e pluralidade de ideias é salutar para o Estado Democrático de Direito”, escreveu a progressista. 

“O respeito às instituições, à ordem pública e ao livre manifesto de ideias deve ser assegurado”, afirmou Celina. “Tive a honra de participar ao lado do nosso presidente nacional do Progressistas, Senador Ciro Nogueira, desse lindo e pacífico ato que acontece na Avenida Paulista. Mostra a união e a grandeza do nosso partido, que estará sempre comprometido com a defesa da democracia”, completou a vice-governadora.
 

Bolsonaro disse em discurso que o ato na avenida Paulista serviu como uma “fotografia para o mundo”, além de mostrar “a garra e a determinação do povo brasileiro”. Aproximadamente 750 mil pessoas compareceram à manifestação, segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP). 

Outros chefes de Executivo, como o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União) e o anfitrião Tarcísio de Freitas (Republicanos) estavam presentes. 

 

Reportar Erro