Mais Lidas

Plano emergencial

Secretaria de saúde suspende alguns procedimentos devido a falta de combustível

A prioridade é para os atendimentos de urgência e emergência

acessibilidade:
Objetivo da medida é garantir o estoque de medicamentos, materiais médico-hospitalares e insumos Foto: Tony Winston/Agência Brasília

No quinto dia de paralisações dos caminhoneiros, a Secretaria de Saúde decidiu suspender alguns procedimentos na rede pública, entre sábado (26) e segunda-feira (28), dando prioridade aos procedimentos de urgência e emergência, objetivo da medida, anunciada nesta sexta-feira (25), é garantir o estoque de medicamentos, materiais médico-hospitalares e insumos.

Sendo assim, a partir de amanhã as Unidades Básicas de Saúde (UBS)  vão ficaram fechadas, não haverá  consultas ambulatoriais em hospitais e policlínicas.Também estão suspensas as cirurgias, exames e procedimentos nesses dias, com excessão apenas para casos de emergência. No caso do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) deve ser mantida a prestação do serviço nas ocorrências graves de emergência. Se encontrar dificuldade nos serviços hospitalares, deve dar início ao protocolo de crise.

A secretaria informou que os servidores das referidas áreas serão realocados para os atendimentos de urgência  e emergência e demais serviços ininterruptos. Para isso, os superintendentes das Regiões de Saúde devem adaptar serviço e mão de obra, a fim de que garantir o melhor atendimento possível à população.

Reportar Erro