Mais Lidas

Governador/DF 2018

Ibaneis deve ser o substituto de Frejat na candidatura ao governo de Brasilia

Ele substitui Frejat, e Cristovam impõe Joe Valle no lugar de Fraga

acessibilidade:
Ibaneis Rocha é o nome do MDB para substituir Frejat, que desistiu; Joe Valle (PDT) será candidato ao Senado, "puxado" por Cristovam Buarque.

A desistência do Jofran Frejat (PR) na disputa pelo governo de Brasília, apesar de sua liderança folgada nas pesquisas, levou seu grupo político a articular uma chapa majoritária completamente diferente daquela imaginada inicialmente. Agora, o advogado Ibaneis Rocha (MDB), ex-presidente da OAB-DF, deverá ocupar a vaga de candidato a governador, deixando a vaga de vice em aberto para composições.

Isolado no grupo, que pretende vetar sua candidatura ao Senado, o deputado Alberto Fraga (DEM) já revelou a amigos que vai disputar com Ibaneis Rocha a indicação de candidato a governador, nessa chapa. Se der certo, pode custar o apoio do senador Cristovam Buarque (PPS), que impôs a Frejat, como condição para apoiá-lo, a garantia de que não apareceria ao lado de Fraga na campanha eleitoral.

Ibaneis estava de férias em Portugal e antecipou seu retorno a pedido do presidente regional do MDB, Tadeu Fillippeli, retomando as articulações para viabilizar a própria candidatura ao governo, um projeto que havia abandonado com a consolidação de Frejat.

Frejat desistiu da candidatura reclamando das interferências do ex-governador José Roberto Arruda, a quem se refere como “Diabo Verde”, que insistia em escolher seu vice e ainda tentava administrar os recursos da campanha. Mas pesou muito, na decisão de Frejat, a pressão da família para que ele evitasse entrar novamente na roda viva da política aos 81 anos de idade. A família até admitia a idéia de Frejat disputando o Senado, mas ele próprio não quis. “Eu não aguentaria”, disse a apoiantes.

Os candidatos ao Senado, nessa chapa, seriam o senador Cristovam Buarque (PPS) e o presidente da Câmara Legislativa, deputado Joe Valle (PDT). O deputado Rogério Rosso (PSD), que desde o início da crise “atira” em diversas direções, tentando ocupar a vaga de Frejat ou ser candidato ao Senado, deve se contentar com a candidatura para renovar seu mandato.

Aliados de Arruda espalham nos bastidores que o ex-governador, inelegível por várias condenações na Justiça e outros colegiados como o Tribunal de Contas do DF, estaria “articulando na Justiça” sua liberação para disputar as eleições deste ano, e por essa razão seu nome vem sendo considerado pelo grupo como eventual opção, em lugar de Ibaneis.