Mais Lidas

possibilidade

DF pode liberar escolha da vacina após avanço da segunda dose

De acordo com o general Pafiadache, existe a possibilidade após a maior parte da população encerrar o esquema vacinal

acessibilidade:
Seis ampolas de vacinas
Vacinas contra covid-19 disponíveis no Brasil. Foto: Myke Sena/MS

O general Manoel Pafiadache, secretário de Saúde do Distrito Federal, informou que existe a possibilidade da população da capital que ainda não foi vacinada escolher a marca do imunizante.

No entanto, a medida só poderia ocorrer após o avanço da aplicação da segunda dose a todos que estão aguardando o encerramento de seu esquema vacinal.

“É possível sim, mas depende do nosso planejamento. Se for uma coisa que é interessante para a população, nós vamos chegar lá. Dependemos de alguns dados, de uma avaliação para que não haja falta de vacina em algum momento”, afirmou o secretário em coletiva de imprensa.

 

Reportar Erro