CPI da Saúde

Distritais querem colocar Santana e Marli cara a cara

Mas vice-governador já disse que não acha necessário

acessibilidade:

Após os depoimentos desta quinta-feira (21) do vice-governador Renato Santana (PSD) e da presidente do SindSaúde Marli Rodrigues os deputados distritais resolveram que vão fazer uma audiência conjunta  com ambos. A data não foi definida.

O motivo para a reunião conjunta, termo escolhido para evitar qualquer polêmica entre os parlamentares, foram algumas contradições das declarações dos depoentes.

Entretanto, Santana não pode ser convocado, devido ao cargo de vice-governador, sendo assim, ele pode negar o convite, como aparentemente fará, “eu acredito na competência da nossa Polícia Civil, que vai elucidar esse caso, como já elucidou uma centena de outros no prazo que a gente e que essa comissão precisa. Não quero concordar nesse primeiro momento. Num segundo momento, se a investigação não resultar em nada, eu me disponho".

Outras decisões dos distritais foram as convocações, sem datas definidas, do ex-secretário de Saúde Fábio Gondim, do ex-subsecretário de Logística e Infraestrutura de Saúde Marcos Junior e do atual ocupante do cargo, Marcello Nóbrega, do ex-assessor de imprensa da Casa Civil Caio Barbieri e do médico Ivan Castelli. E do empresário  Marcelo Pereira da Silva.