Calote

Diretório do PT em São Paulo é despejado por dívida de R$267 mil

Uma ação de despejo imediato foi determinada pela Justiça de São Paulo após mais de um ano de calote no aluguel

acessibilidade:

Apesar dos R$500 milhões de verba do fundão eleitoral, a vida parece não estar fácil para o PT. O partido de Lula em São Paulo (SP) acumulou dívida de R$ 267 mil após deixar de pagar o aluguel desde julho do ano passado.

O partido se comprometeu a pagar R$10 mil por mês pela sede do diretório municipal, mas há mais de um ano havia deixado de pagar a conta. Os donos do imóvel acionaram a Justiça para obrigar a descupação do local.

A decisão foi proferida pelo juiz Rodrigo Galvão Medina da 9ª Vara Cível de São Paulo: “Comprovado o depósito da caução correspondente a três meses de locação, intimem-se os réus para desocuparem o imóvel em quinze dias, sob pena de despejo”.

(Com informações da RedeTV!)