Mais Lidas

Salários de até R$ 6,6 mil

Deputado denuncia nomeações de Renan Filho para ‘gabinete fantasma’ de seu ex-vice

Ex-vice Luciano Barbosa renunciou, é prefeito de Arapiraca e gabinete fechou

acessibilidade:
Antigo prédio que sediava o Gabinete do vice-governador de Alagoas está desativado, após renúncia de Luciano Barbosa, agora prefeito de Arapiraca. Foto: Reprodução Redes Sociais

O deputado estadual Davi Maia (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Alagoas, nesta terça-feira (15), para denunciar que o governador Renan Filho (MDB) segue pagando e nomeando servidores para o Gabinete do Vice-Governador, desativado no início do ano, após a renúncia do ex-vice-governador Luciano Barbosa (MDB), que se elegeu prefeito de Arapiraca. Os salários já pagos aos servidores do gabinete desativado variam de R$ 1,6 mil a R$ 6,6 mil, com média salarial de R$ 3,6 mil.

Maia expôs sete nomeações assinadas por Renan Filho para o que denunciou como sendo um “gabinete fantasma”, entre 12 de maio e o último dia 9 deste mês de junho. E ainda afirmou que, em fevereiro, o gabinete da Vice-Governadoria ainda mantinha em sua estrutura oito assessores nomeados, mesmo com sua antiga sede exibindo uma placa de “vende-se ou aluga-se”.

“Mesmo sem ninguém no comando da pasta, a Vice-Governadoria continua ocupando cargos. Não estamos tratando de funcionários fantasmas, mas de gabinete fantasma. Ele não existe e os cargos continuam sendo nomeados. Fica aqui minha indignação e um alerta neste momento de pandemia, quando as pessoas estão perdendo os seus empregos e os empresários fechando os seus negócios. Todo mundo passando por uma crise financeira e o governador Renan Calheiros [Filho] utiliza um espaço fantasma para fazer nomeações de cargos comissionados”, condenou Davi Maia.

Beneficiados pelas nomeações

Na lista dos lotados no gabinete desativado, cujos nomes foram omitidos pelo parlamentar, o Diário do Poder conseguiu confirmar no Portal da Transparência os seguintes servidores que receberam salários neste ano de 2021:

Ricardo Alexandre da Silva Santos, gerente de serviços gerais, com salários brutos de R$ 3.461,47, de janeiro a abril, e de R$ 3.617,93, em maio;

Afonso Fernandes Matos Neto, assessor de interação social, com salário bruto de R$ 3.282,77, em fevereiro;

Fagner do Nascimento Alves, assessor técnico de interiorização, com salário bruto de R$ 1.661,51, em fevereiro;

João Paulo Loic Fonseca Simões, gerente de interiorização, com salário bruto de R$ 3.461,47, em fevereiro;

Laura Guaraciba de Oliveira, superintendente administrativo, com salário bruto de R$ 5.261,42, em fevereiro;

Marcos Vinícius do Nascimento, superintendente de articulação política e social, com salário bruto de R$ 6.667,35, em fevereiro;

Osmandina Acioli de Melo Gomes, assessora técnica, com salário bruto de R$ 1.938,41, em fevereiro;

Sandra Maria Sampaio L de Melo, gerente de suprimento, com salário bruto de R$ 3.461,47, em fevereiro;

Jânio Pereira Ricardo, supervisor de atendimento aos municípios, com salário bruto de R$ 3.293,71, em abril;

Além deles, os nomeados desde 12 de maio deste ano foram:

José Carlos Gomes, para o cargo de superintendente de Planejamento, Orçamento, Finanças e Contabilidade;

Francisco Luiz de Albuquerque Júnior, supervisor de Almoxarifado;

Diogo de Almeida Oliveira, supervisor de Aquisição;

Fernanda Aguiar Vasconcelos, supervisora de Controle de Consumo Interno;

David Klevisson da Fonseca Silva Pedrosa, supervisor Executivo de Valorização de Pessoas;

Elton Henrique Tenório Bulhões Júnior, assessor Técnico de Planejamento e Orçamento;

Márcio José Neri Donato, assessor Técnico Executivo de Tecnologia da Informação;

O Diário do Poder fez contato com o Gabinete Civil do governador Renan Filho e não obteve respostas ao pedido por explicações sobre as nomeações, mesmo após a renúncia do vice Luciano Barbosa, e com seu gabinete já desativado. (Veja o posicionamento do governo na matéria: ‘Gabinete fantasma’ no governo Renan Filho tem carros de luxo alugados a quase R$10 mil)

Veja o vídeo da denúncia que o deputado Davi Maia publicou em suas redes sociais: