Ato político

Jornalista português é detido pela PF ao chegar para cobrir ato pró-Bolsonaro

Sérgio Tavares disse que teve passaporte retido e foi levado à delegacia da PF ao desembarcar no Aeroporto de Guarulhos

acessibilidade:
Sérgio Tavares divulgou que foi detido pela PF e teve passaporte apreendido.

O jornalista português e ativista de direita Sérgio Tavares foi detido por mais de três horas pela Polícia Federal, ao desembarcar no Aeroporto de Guarulhos, após chegar ao Brasil prometendo transmitir à Europa o ato de defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), marcado para a Avenida Paulista. Ele classificou o protesto como “gigantesco grito de revolta do povo brasileiro contra a ditadura em que o país mergulhou”. Ainda no aeroporto, o influenciador digital divulgou vídeo informando que teve passaporte apreendido e foi submetido a oitiva da PF.

Em publicações em seu perfil da rede social X, Sérgio Tavares disse ter sido libertado, às 11h23, após ser levado para uma delegacia da Polícia Federal em São Paulo, onde foi interrogado sobre suas declarações “sobre urnas, fraude eleitoral, ditadura do judiciário e vacinas”. Mas disse ter ficado em silêncio, por orientação de seu advogado de defesa, identificado como Eduardo Borgo.

Tavares transmitiu live com Jair Bolsonaro, no último dia 4 deste mês de fevereiro. E teria viajado ao Brasil por meio de doações recebidas de apoiadores do ex-presidente brasileiro.

Parlamentares da direita e líderes bolsonaristas têm divulgado manifestações de apoio a Sérgio Tavares, que pretendia participar da manifestação marcada para 15h, na principal avenida de São Paulo. E o consulado de Portugal foi comunicado sobre o caso.

“Já comuniquei algumas autoridades de SP pra apurar o ocorrido”, publicou o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG), em seu perfil do X.

O Diário do Poder contatou a assessoria de imprensa da PF para pautas nacionais, em Brasília, para obter mais informações sobre o caso. Mas a reportagem foi orientada a ligar para a assessoria da PF em São Paulo, que não atendeu às ligações. Um e-mail foi enviado e a reportagem aguarda informações sobre motivos da prisão.

Veja o momento em que Sérgio Tavares afirma ter sido detido pela PF, e após ter sido liberado:

https://twitter.com/NoticiasTavares/status/1761713657707163945

https://twitter.com/NoticiasTavares/status/1761759772909371831

Reportar Erro