Mais Lidas

apontado por testemunhas

Cristiano Girão, ex-vereador do Rio, é preso suspeito de duplo homicídio

Girão foi apontado por testemunhas como possível mandante do crime que ocorreu em junho de 2014

acessibilidade:
Homem de máscara e óculos escuros sendo conduzido por dois policiais
Cristiano Girão foi preso em São Paulo, suspeito de ser mandante de assassinato de casal em 2014. Foto: Reprodução

O ex-vereador do Rio de Janeiro Cristiano Girão foi preso, na manhã desta sexta-feira (30), por suspeita de envolvimento na morte de um casal em 2014. O policial militar reformado Ronnie Lessa, já preso pelo caso de Marielle Franco, também é alvo na ação de hoje.

O duplo assassinato de André Henrique da Silva Souza, o Zóio, e  Juliana Sales de Oliveira ocorreu em junho de 2014, no bairro de Gardênia Azul, Baixada de Jacarepaguá.

De acordo com as investigações, o militar e o ex-vereador foram apontados por testemunhas como possíveis responsáveis pelo duplo assassinato. A Polícia Civil prendeu Girão na sua casa, em São Paulo, com a ajuda do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic-SP).