Mais Lidas

Fronteira fechada

Collor aciona Relações Exteriores para repatriar alagoanos isolados no Peru

Governo peruano reagiu, com decreto que autoriza voos de repatriação de estrangeiros

acessibilidade:

O senador Fernando Collor (Pros-AL) acionou o Ministério das Relações Exteriores (MRE) para garantir o retorno de turistas alagoanos e de outros estados brasileiros que estão impedidos de voltar ao Brasil após o fechamento de aeroportos e das fronteiras no Peru, como medida contra a proliferação do novo coronavírus (Covid-19).

Em resposta, o ministério informou ao senador e ex-presidente da República que o Itamaraty instruiu a Embaixada do Brasil, em Lima, a fazer gestões em alto nível junto às autoridades peruanas, com vistas à autorização de voos que permitam a saída dos brasileiros o quanto antes.

O Itamaraty informou ainda que o governo peruano reagiu, publicando decreto que habilita o Ministério dos Transportes daquele país a autorizar, em caráter excepcional, voos nacionais e internacionais de repatriação de estrangeiros para seus países de residência.

Além disso, a Embaixada brasileira em Lima está solicitando às autoridades peruanas que trabalhem junto a associações de hotéis em Lima e em Cuzco para que assegurem hospedagem aos turistas que estão retidos no Peru.

Diante do drama dos alagoanos, que estão utilizando as redes sociais para falar com as famílias e pedir apoio ao governo brasileiro, o senador informou que as equipes do Itamaraty estão mantendo contato com as companhias aéreas para mobilizá-las a providenciar os voos, assegurando assim o regresso dos brasileiros o mais rapidamente possível.

Por sua vez, as empresas aéreas também estão em contato com o ministério para tratar sobre o assunto. A Gol e TAM estão avaliando a possibilidade de voos para Lima, repatriando os brasileiros. A ação conta, também, com o acompanhamento da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). (Com informações da Gazetaweb)