Mais Lidas

Propaganda injusta

Carimbão nega 'paternidade' de Ciço sobre obras no Centro de Maceió

Deputado critica propaganda que põe Ciço como 'pai' do Centro

acessibilidade:

O deputado federal Givaldo Carimbão (PHS) demonstrou irritação com seu aliado e candidato a prefeito de Maceió neste 2º turno, Cícero Almeida, o Ciço (PMDB). O motivo é o fato de que o candidato apoiado pelo presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) ter ignorado a parceria com o parlamentar para a reforma e ampliação do Calçadão do Comércio e a construção do Shopping Popular dos Camelôs no Centro da capital alagoana.

Carimbão reivindicou a paternidade das obras de revitalização do calçadão e do camelódromo do Centro, que foram frutos de recursos federais de emendas parlamentares de sua autoria, ao fazer referência às obras do Centro de Maceió citadas no programa eleitoral de seu aliado Ciço, na disputa contra o atual prefeito Rui Palmeira (PSDB), que lidera as pesquisas de intenção de votos.

“Pegar o Centro de Maceió e dizer que foi ele que fez! Venha devagar, né? Aí você pegar o camelódromo de Maceió… R$ 8 milhões, para mim conseguir [sic] arrancar esse dinheiro em Brasília, só quem sabe sou eu e a bancada federal. Lembro como hoje que ali era a antiga Portuguesa. Indenizar aquilo ali, buscar o dinheiro em Brasília. Aí quando vem o papai da criança agora, hein? ‘Eu fiz o Centro de Maceió!’, olha! Vá buscar o dinheiro em Brasília! Vá fazer o que eu fiz, lá. É muito fácil”, relatou, indignado, Givaldo Carimbão, ao final da coletiva desta segunda-feira (24), quando foram apresentadas as emendas parlamentares coletivas à Lei Orçamentária de 2017 da União.

Desabafo incontido

Este não foi o primeiro atrito entre Ciço e Carimbão sobre as obras do Centro. Em setembro de 2011, na fase final de construção do Shopping dos Camelôs, o então prefeito cobrou de Carimbão a ausência de liberação de uma parcela dos recursos. E o deputado reagiu dizendo que a obra precisava avançar para haver a liberação de recursos, que não dependia dele.

Desta vez, Carimbão não citou o nome do aliado, mas disse que não poderia deixar de fazer o desabafo, diante da falta de reconhecimento de seu esforço político. Ele foi candidato a prefeito do município sertanejo alagoano de Delmiro Gouveia, com o apoio do governador Renan Filho e do senador Renan, com quem firmou aliança para que pedisse voto para Ciço, em Maceió.

“Tenho pedido [voto] para o Cícero Almeida. Tenho compromisso com o Governo do Estado em ajudar. Tenho uma relação estreita. Acho que se tivesse essa relação estreita entre o Governo do Estado e a Prefeitura [de Maceió], ajudaria muito. Agora, não posso deixar de dar esse desabafo. Quando vejo na televisão… Está aqui trabalhando a bancada federal para conseguir dinheiro aqui e ali. Luta danada nossa. E: ‘Quem fez o camelódromo…’ Ah! Venha devagar, meu filho! Quem conseguiu o recurso foi o deputado federal Givaldo Carimbão. Mas não é só ele. É muito fácil os prefeitos… Aí pega uma obra em que o deputado federal trabalha. Aí: ‘Quem fez fui eu!’. Não! Quem executou foi você, mas quem brigou para buscar o dinheiro, foi fulano de tal. A orla de Maceió, quem foi buscar recurso? João Lyra! Vamos ser justos com cada um!”, desabafou Carimbão.

Ouça: