Mais Lidas

Pesar

Botafoguense, Agnelo lamenta morte de Nilton Santos

Nilton Santos era o único jogador da Copa de 50 que vivenciaria a 2014

acessibilidade:

Nilton SantosO governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, enviou nota de pesar pela morte do também botafoguense, o enciclopédia do futebol Nilton Santos. Agnelo diz se solidarizar com a dor de familiares do jogador que recebeu o título de cidadão honorário de Brasília em 1997. Além das várias atuações, Nilton foi técnico do Taguatinga, em meados de 1990, quando morou em Brasília.

Veja a nota de pesar na íntegra:

botafoguense que sou, foi com profundo pesar que recebi a notícia da morte do jogador Nilton Santos. Perdemos um dos maiores atletas do mundo. Bicampeão mundial de futebol (1958 e 1962) e, com certeza, o melhor lateral esquerdo da Seleção Brasileira.

Uma bela figura humana, que durante toda a sua carreira só vestiu a camisa do “Glorioso”. Disputou quatro copas do Mundo (1950, 1954, 1958, 1962) e era um grande conhecedor do esporte.

Não à toa, por conta do seu talento e capacidade de encantar o torcedor, ganhou o apelido carinhoso de ?Enciclopédia do Futebol?.

Quando morou em Brasília, em meados da década de 1990, Nilton Santos foi técnico do Taguatinga e coordenou um projeto de iniciação ao futebol para crianças. E foi pela sua contribuição ao esporte da capital federal que recebeu em 1997 o título de cidadão honorário de Brasília.

Por isso, neste momento de imensa tristeza e dor me solidarizo com a família deste ilustre jogador.

Agnelo Queiroz

Governador do Distrito Federal

Reportar Erro