Mais Lidas

Livre

Barroso transfere mensaleiro Marcos Valério para o regime aberto

Ministro do STF diz que Valério já cumpriu os 16% da pena necessários para a progressão ao regime aberto, além de ter bom comportamento

acessibilidade:
Publicitário Marcos Valério durante depoimento à justiça. Foto: Reprodução

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), transferiu o principal operador do mensalão Marcos Valério para o regime aberto.

Teoricamente, o mensaleiro estaria apto a trabalhar durante o dia e deveria seguir para Casa do Albergado no período da noite, mas, como não há estabelecimento compatível em Nova Lima (MG), Valério seguirá para casa, onde cumpre prisão domiciliar desde 2019, também por decisão de Barroso.

De acordo com o ministro, Valério já cumpriu os 16% da pena necessários para a progressão ao regime aberto, além de apresentar bom comportamento.

“Ofício enviado pelo juízo de Nova Lima também indica que ele apresenta bom comportamento, sem nenhuma notícia de descumprimento, e se comportou de forma satisfatória durante o cumprimento da pena em regime semiaberto com prisão domiciliar”, diz a decisão.

Valério foi condenado a 37 anos, 5 meses e 6 dias de prisão pelos crimes de peculato, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro, além de multa de R$ 10,3 milhões.

 

Reportar Erro