Escapuliu

Aras lutou 3 anos para colocar Dodge na galeria dos ex-chefes da PGR

Impressão na PGR é que a recusa de Dodge teria motivação política

acessibilidade:
Raquel Dodge, ex-PGR, e o atual ocupante do cargo, Augusto Aras, autor da homenagem.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, tentou por três anos obter da antiga chefe da repartição Raquel Dodge uma fotografia de seu agrado para a galeria dos ex-procuradores-gerais.

Primeira mulher a ocupar o cargo, Dodge fez história. Mas não pareceu interessada na homenagem. A PGR chegou a disponibilizar seus serviços de fotografia e à ex-procuradora-geral caberia apenas posar para um profissional. A impressão entre os servidores é que a recusa teria motivação política. A informação é da Coluna Claudio Humberto, do Diário do Poder.

Funcionários destacados para “produzir” a foto enfrentaram até mesmo a dificuldade de encontrar a ex-PGR na sede do MPF.

Após várias tentativas, a Procuradoria Geral da República encontrou uma boa foto de Raquel Dodge e a pendurou, emoldurada.

A ex-procuradora-geral alegou outros compromissos, no entanto, e não compareceu ao ato solene. Mas sua foto está na galeria, finalmente.