Mais Lidas

calendário abrangente

Após um ano do primeiro vacinado no País, 70% dos brasileiros já têm 2ª dose

Vacinas reduziram expressivamente número de mortes e internações pela Covid

acessibilidade:
Seringa de injeção
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

No dia 17 de janeiro de 2021, a enfermeira Mônica Calazans foi a primeira pessoa a receber uma dose de imunizante contra a Covid-19 no Brasil. Neste um ano, o país já completou o esquema vacinal de quase 70% da sua população.

Os dados são do painel Monitora Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que também mostram que 75% dos brasileiros já recebeu pelo menos a primeira dose. Aqueles que receberam as duas doses ou vacina de dose única somam 68% e destes, 15% já estão imunizados com a dose de reforço.

A campanha de vacinação iniciou neste final de semana, em dezenas de estados, e nos demais, nesta segunda-feira (17), a vacinação de crianças de 5 a 11 anos, que ainda não integravam o calendário de imunização contra a Covid.

Menos mortes

A Fiocruz e a Sociedade Brasileira de Imunizações creditam a drástica redução no número de hospitalizações e mortes em função da imunização contra a doença.

À época da primeira dose de vacina aplicada, o Brasil somava 900 mortes por dia devido à Covid. Em seis meses, um quarto da população havia recebido a primeira dose e, foi neste momento, que o país chegou ao pico de letalidade da doença.

Em junho, com o aparecimento da variante Gama, os índices vertiginosos alcançaram 3 mil mortes por dia. Os grupos que já tinham completado o esquema vacinal passaram a integrar cada vez menos o quadro de vítimas fatais.

 

 

Reportar Erro