Mais Lidas

Depois de refletir

Aluno da UnB se diz arrependido de segurar cartaz e considera o ato como inconsequente

acessibilidade:

Rodolfo Fernandes Bianchi Fava, um dos estudantes da Universidade de Brasília (UnB) que exibiu cartaz com os dizeres ?Caiu na Redes é… (estupro)? durante a recepção dos calouros do curso de Engenharia de Redes entregou um pedido de desculpas formal à Reitoria ontem (26). No documento, o jovem de 18 anos alega que o ato foi impensado e lamenta ter envergonhado sua família e os alunos da UnB.

Rodolfo se diz totalmente arrependido, reitera que não tinha intenção de praticar nenhum ato contra as novatas, muito menos incentivar tal prática. Ele se coloca à disposição da universidade para realização de serviços comunitários como forma de reparar as ofensas.

Confira abaixo a íntegra da carta de Rodolfo à UnB.

 

 

Esta semana, na recepção aos calouros do Curso de Engenharia de Redes da UnB, junto a outros colegas, acabei me envolvendo num ato inconsequente e impensado e que jamais deveria ter acontecido. Na euforia do momento, portei um cartaz com dizeres que foram considerados ofensivos às calouras e às mulheres em geral.

Quero formalmente me desculpar, em primeiro lugar, com as calouras e calouros da UnB. Nunca tive a intenção de ofender e, muito menos, de incentivar ou praticar qualquer violência ou constrangimento contra as novas alunas da universidade. Tanto isso é verdade que a recepção aos calouros ocorreu sem incidentes de qualquer natureza.

Quero me desculpar, também, com todas as alunas da Universidade, minhas colegas de sala e amigas, com a comunidade acadêmica e com todas as mulheres. Peço desculpas à minha família, particularmente à minha mãe, às minhas avós e tias, que estão profundamente abaladas com o que ocorreu.

Neste momento, estou totalmente arrependido e triste por esse gesto impensado e de mau gosto. Gesto que não condiz com a formação moral que recebo dos meus pais, nem com a minha vida de estudante, filho e jovem que ingressou há poucos meses na universidade e acredita ter envergonhado a família, os amigos e os alunos do curso de Engenharia de Redes.

Nos próximos dias, vou procurar a UnB e me colocar à disposição para a realização de trabalhos voltados para a comunidade como forma reparadora, na área em que a instituição julgar mais adequada.

Rodolfo Fernandes Bianchi Fava, 18 anos, estudante do 1º ano de Engenharia de Redes da UnB.

Reportar Erro