Mais Lidas

Efeitos da Calamidade

Supermercado de bairro que afunda faz apelo para se manter aberto, em Maceió

Empresa demitiu 16 após evasão de vítimas e apela a maceioenses por pedidos de entrega

acessibilidade:
Supermercado Super Pilar, em Maceió, é exemplo de empresa afetada pela tragédia geológica. Foto: Divulgação Google

A evasão de moradores de áreas de risco do bairro de Maceió (AL) mais atingido pelo fenômeno que afundou o solo e causou rachaduras em imóveis tenta resistir à ausência de clientes com um apelo por pedidos de entregas, após demitir 16 funcionários, no final de abril. O apelo do Super Pilar Supermercado para continuar de portas abertas no bairro do Pinheiro foi publicado nas redes sociais com uma mensagem de esperança na recuperação da comunidade.

A empresa é uma das centenas que sentem os efeitos mais imediatos do fenômeno que também atinge mais dois bairros, o Mutange e Bebedouro, todos com situação de calamidade decretada, na região urbana de onde a Braskem extrai sal-gema há 44 anos, em 35 poços de mineração.

Uma pesquisa da Federação do Comércio  de Alagoas (Fecomércio-AL) mostrou que existem cerca de 2.700 comerciantes no bairro do Pinheiro. O que representa cerca de 39 mil postos de trabalho, segundo o Instituto Fecomércio.

Com atraso de uma semana do cronograma oficial, o Ministério de Minas e Energia divulgará na próxima quarta-feira (8) o laudo parcial dos estudos do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) sobre as causas do fenômeno. E o prefeito Rui Palmeira (PSDB) afirmou hoje que espera que o Governo Federal exponha a verdade e puna os responsáveis pelo problema.

“Infelizmente tivemos que demitir mais de 16 colaboradores devido a contingência no bairro do Pinheiro que acarreta diversos problemas a toda população que sofre com a situação atual. O Supermercado Super Pilar está junto a população e acredita na melhoria do bairro e, nós afirmamos que enquanto houver clientes, sendo possível atender as pessoas que frequentam e usufruem dos nossos produtos e serviços, nós estaremos aqui na esperança de dias melhores! Ajude-nos a continuar de portas abertas, faça suas compras pelo WhatsApp ou telefone, entregamos compras acima de R$ 70,00 em Maceió e Rio Largo”, diz um trecho do apelo publicado no Facebook do Super Pilar.

O supermercado situado na Alameda Rio Branco, nº 573, no Pinheiro, divulgou as condições de entrega e ofertas através do site www.superpilar.com.

https://www.facebook.com/supermercadosuperpilar/photos/a.787800734921667/829701837398223/?type=3&theater