Mais Lidas

Campanha 2022

Já em campanha, Leite visita Maceió e fala em disputar o Planalto

Ele disse apoiar o senador tucano Rodrigo Cunha ao governo de Alagoas

acessibilidade:
Eduardo Leite com apoiadores em Maceió, incluindo o senador Rodrigo Cunha (de camisa branca).

Em vista a Maceió, na tarde deste sábado (17), de conotação claramente eleitoral, o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), esteve em vários bairros ao lado do prefeito de Maceió, JHC (PSB), e do aliado senador Rodrigo Cunha (PSDB).

Ele também se encontrou com correligionários e filiados do partido em uma casa de eventos no bairro do Farol, quando mencionou sua pré-candidatura à corrida presidencial em 2022 e declarou apoio a uma candidatura a Cunha ao governo de Alagoas, no próximo ano.

Leite falou bem de seu governo no Rio Grande do Sul, mal avaliada pelos gaúchos, de acordo com as pesquisas, e comentou o clima de intolerância com o duelo de correntes que se rivalizam em apoio ao presidente Bolsonaro (sem partido) ou ao ex-presidente Lula (PT).

“O Brasil desaprendeu a fazer política com respeito. A gente precisa respeitar as diferenças e vencer com argumentos. Não com a desqualificação dos outros. Não queremos vencer uma eleição com base nos defeitos dos outros, e sim com base em nossas possíveis virtudes”, disse Leite.

Eduardo Leite foi recebido ainda no aeroporto Zumbi dos Palmares pelo prefeito JHC, a deputada Tereza Nelma (PSDB-AL) e a vereadora tucana Teca Nelma. Também estiveram com o governador o deputado Pedro Vilela (PSDB-AL), o ex-governador e ex-senador Teotônio Vilela Filho, a ex-secretária municipal e estadual de Assistência Social Solange Jurema e o deputado estadual Davi Maia (DEM), além de secretários municipais de Maceió e outros apoiadores.