Mais Lidas

sem apoio

Advogado engravatado puxa carroça de catador, em SP, para sobreviver

Desempregado, Valmir Goslawski, encontrou uma maneira digna manter as contas, incluindo a mensalidade da OAB

acessibilidade:
Advogado tributarista Valmir Goslawski puxando carroça para sobreviver.

Enquanto a direção da OAB Nacional se deixa envolver com disputas político-partidárias, mal toma conhecimento da situação aflitiva de associados como o advogado Valmir Goslawski, morador de São Paulo, que foi às ruas catar recicláveis para sobreviver.

Em uma imagem de grande apelo, Valmir mostrou a situação à qual foi sujeitado. De terno e gravata, no marco da economia do estado, a Avenida Paulista, com seu novo instrumento de trabalho. Uma carroça, puxada por força humana.

O advogado foi uma das milhares de vítimas dos cortes da pandemia. Valmir perdeu o emprego e viu na coleta de materiais uma solução digna para honrar seus compromissos e manter-se. Apesar da situação precária, o advogado jamais deixou de pagar a mensalidade da OAB-SP, à qual ele é filiado.

Valmir, indignado com o pouco ou nenhum apoio da instituição de classe, publicou um texto em suas redes sociais, acompanhado da foto em ação nas ruas.

“Me sinto envergonhado com 50 anos de idade vir aqui expor a realidade: sou advogado tributarista há mais de 15 anos! Olha para isso OAB !!! Sou Pós graduado pela PUC e agora um inútil social. Tenho coragem, força, conhecimento jurídico notório, plena capacidade física e mental, reputação ilibada, experiência profissional, mas infelizmente esse advogado que pertence aos seus quadros empurra uma carroça dignamente para sobreviver , pois não sou mais interessante para o mercado! Só posso lamentar… aos meus iguais ! Essa é a realidade da Advogacia Brasileira ! Que ainda tenho muito amor em exercer!”

Reportar Erro