Cláudio Humberto
Coluna CH / 8 de julho

Provocação de Aziz na CPI da Pandemia ‘incendeia’ os quartéis

Declaração sobre 'lado podre' das Forças Armadas resultou numa nota oficial da Defesa em tom de advertência: ‘Vil, leviano, irresponsável’

acessibilidade:
Sessão CPI Pandemia Roberto Dias Omar Aziz
Sessão da CPI da Pandemia desta quarta-feira (7/jul). Foto Marcos Oliveira/Senado

O viés do espetáculo, na CPI da Pandemia, acabou provocando uma grave crise com os militares, que reagiram indignados a uma declaração do presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), que parece ter sido desenterrada dos seus tempos de militância no PCdoB. “Fazia muitos anos que o Brasil não via membros do lado podre das Forças Armadas envolvidos com falcatrua dentro do governo”, disse ele, baseado em suspeitas. Os chefes militares estão revoltados com a generalização.

Ataque às instituições

A nota oficial adverte: "As Forças Armadas não aceitarão qualquer ataque leviano às instituições” que defendem a democracia e a liberdade.

‘Vil, leviano, irresponsável’

Os chefes militares avaliam que Aziz atacou as Forças Armadas "de forma vil e leviana”, além “grave, infundada e, sobretudo, irresponsável".

Pedala, Pacheco

Líderes de várias tendências pediram ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que assuma o controle para impedir o agravamento da crise.

Tom de advertência

A nota, em tom grave, é assinada pelo ministro da Defesa, general Braga Netto, e pelos comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Sessão CPI Pandemia Roberto Dias Omar Aziz
Prefeito JHC ao visitar ponto de vacinação contra covid-19 em Maceió. Foto: Divulgação/Redes Sociais

Prefeito de Maceió, JHC lidera para governador

Levantamento realizado pelo Paraná Pesquisas em Alagoas mostra uma sólida liderança do prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), o JHC, nas preferências do eleitorado para governador do Estado. De acordo com a pesquisa, JHC tem 46% das intenções de voto dos alagoanos, muito à frente do candidato do clã Calheiros, Alfredo Gaspar (MDB), que soma 29,8%. Em 3º aparece Maurício Quintela, com 2,7%. Foram entrevistados 806 eleitores entre os dias 1º e 5 deste mês.

Outro cenário

As chances de Alfredo Gaspar melhoram em outro cenário, com JHC fora da disputa. Ele somaria 40,1% e Rodrigo Cunha (PSDB) 27%.

Opções secundárias

No cenário sem FHC e com Rodrigo Cunha, o ex-ministro Quintella sobe para 3,6% e Renato do Pilar aparece em 4º, com 2,7%.

Delegado surpreende

O deputado bolsonarista Delegado Fabio Costa surpreende na disputa para senador: com 28,8%, está à frente de Renan Filho, que tem 26,1%.

Poder sem Pudor

Amnésia suspeita

Francisco Marques Carioca, o segurança que sacou R$1 milhão da Skymaster, alegou súbita amnésia para indicar do paradeiro da dinheirama, na CPI dos Correios de 2005, que investigava corrupção no governo Lula: “Eu não capito.” O deputado José Eduardo Cardoso (PT-SP), subrelator da comissão, na época um crítico da roubalheira, reagiu em cima da bucha, cogitando prender o desmemoriado: “É melhor o senhor captar...”

Ritmo forte

Assim como esta coluna estimou ontem, os profissionais de Saúde brasileiros imunizaram, até esta quarta (7), mais de 80 milhões de pessoas (80,722,726), cerca de 51% da população vacinável.

Encontros

Só quem não conhece a “corte” de Brasília estranha encontros em restaurantes onde ministros, políticos, servidores e jornalistas têm até mesas cativas. E são abordados por vigaristas, corretores de terrenos na Lua, “mordedores” de oportunidades e chatos. É só saber se livrar deles

Nem te conto

Certa vez, palestrando em São Paulo, o cientista político Paulo Kramer foi cobrado: “Vocês de Brasília (pessoas como ele, políticos, jornalistas etc.) “não contam nem 10% do que sabem”. Kramer respondeu: “É que, se eu contasse os outros 90%, ninguém acreditaria...”

Sem gritaria

O Ministério da Saúde confirmou ontem (7) ao site Diário do Poder que dos quase 26 mil testes RT-CR realizados nos jogadores, comissões e terceirizados da Copa América, só 168 deram positivo. O resultado de 0,65% de positividade é oito vezes melhor que o exigido pela OMS.

Freud explica

O presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PDD-AM), ao mandar prender Roberto Ferreira Dias, disse que ele estava “detido pela Presidência do Senado (sic)” e aí corrigiu: “pela presidência da CPI”.

Podemos cresce

Continua crescendo no Senado o partido Podemos, que tem em Álvaro Dias (PR) uma de suas estrelas. Os senadores Carlos Viana (PSD-MG) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE) podem ser os novos filiados à legenda.

Interesse indiano

Em reunião com o presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, Aécio Neves, o embaixador da Índia no Brasil, Suresh Reddy, enfatizou o interesse do seu país em cooperar com o Brasil em biocombustíveis, mercado que deve chegar a US$10 bilhões, em 5 anos.

Mandaram bem

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas divulgou que companhias privadas e a Força Aérea já transportaram, gratuitamente, mais de 80 milhões de doses de vacinas, 7,5 mil profissionais de saúde, EPIs etc.

Pensando bem...

...não precisa de guarda, juiz, promotor ou delegado. Tem CPI.

Vídeos Relacionados