Cláudio Humberto
Coluna CH / 11 de agosto

Oposição tentará impedir aumento do bolsa-família

acessibilidade:
Plenário virtual do Se ado Federal. Foto: Agência Senado/Reprodução

A oposição se articula para tentar impedir o aumento do valor médio do Auxílio Brasil, nova denominação do Bolsa Família, que passará dos atuais R$196 para no mínimo R$300. Ninguém assume publicamente a articulação, por ser antipática aos eleitores, mas é forte o temor de opositores de que o aumento do benefício, que pode até mais que dobrar, para R$400, pode tornar viável a reeleição do presidente Jair Bolsonaro, em 2022. A “ordem” é impedir o aumento a qualquer custo.

Parceria privada

Para não ficar mal, a oposição pretende acionar parceiros do “mercado” contra “irresponsabilidade fiscal” ou o risco de “furar o teto de gastos”.

Parceria pública

Se perder a votação no Congresso, como é provável, a oposição conta com a “simpatia” do Supremo Tribunal Federal (STF) à sua causa.

Preocupação forte

O aumento foi tema de conversa, por exemplo, do presidente do PDT com o ex-senador Roberto Requião, ao convidá-lo a se filiar ao partido.

Esvaziamento

Políticos do PDT dizem que Carlos Lupi, chefe do PDT, vê iminente o esvaziamento abrupto da pré-candidatura de Ciro Gomes a presidente.

Jovem de Maceió recebe vacina contra covid-19. Foto: Gabriel Moreira/Secom Maceió

Mais de 115 milhões de brasileiros já se vacinaram

O País tem motivos para comemorar. A uma semana de a campanha nacional de imunização contra a Covid completar sete meses, o Brasil vai atingir a marca de 115 milhões de habitantes vacinados com ao menos uma dose de imunizante. Foram aplicadas, em média, mais de 22 milhões de doses no braço no brasileiro por mês desde 17 janeiro. Só essa média é maior que o total de doses na Holanda, por exemplo.

Comparação latina

O México administrou até agora menos da metade das doses que o Brasil e começou sua campanha de imunização três semanas antes.

Carência africana

Todo o continente africano aplicou pouco mais de 78 milhões de doses de vacinas contra a Covid, quase a metade do Brasil.

Pequeno é mais fácil

Canadá e Espanha são os países que mais aplicaram doses de vacinas, em relação às populações. Somados não chegam às doses do Brasil.

Poder sem Pudor

Soco democrático

Candidato ao Senado pelo PMDB-PR em 1990, Waldyr Pugliesi convocou coletiva para explicar que era injusta sua fama de “pavio curto”. Na coletiva, um militante do seu partido puxou uma conversa cabulosa e ele a encerrou com um soco na mesa. Refeito, contou que só perdeu a cabeça uma vez, em Arapongas, quando esmurrou um vereador que o criticara. Mas observou: “Aquele soco foi com o braço democrático...”

Calma, rapaziada

O ex-ministro da Defesa de Dilma (PT) Aldo Rebelo lembrou que os exercícios militares de Formosa são realizados há 34 anos e chamou de coincidência os blindados em Brasília em dia de votação. Ainda assim, a culpa sobrou para Bolsonaro e seu “uso político” das Forças Armadas.

Afinal, todos usam

O chamado “uso político” dos militares por Jair Bolsonaro também é carapuça que serve a seus opositores, que sempre citam fantasias sobre “ameaças de golpe” para desgastar o chefe de governo.

Brasil no atraso

Há quase dez anos, o México usa urnas eletrônicas com uma impressora acoplada, que imprime o voto para que o eleitor verifique que sua opção foi registrada corretamente e guardada numa urna segura.

Visão torta

A Grécia ontem ardia em 600 incêndios florestais e no fim de semana a Itália lutava contra 800 focos. Muito compreensiva, a imprensa atribui os incêndios às “mudanças climáticas” e não a governantes irresponsáveis.

Velho conhecido

Acusado de assediar funcionárias do seu gabinete, Andrew Cuomo saiu para não ser expulso do governo de Nova York. Foi ele quem negou – a pedido de políticos de oposição no Brasil – espaço público para uma homenagem de empresários americanos ao presidente Jair Bolsonaro.

Ainda no Z-4

O Amapá de Randolfe Rodrigues deixou a lanterninha do ranking estadual da imunização contra Covid. Após meses com o pior resultado no Brasil, superou o Pará em primeiras doses: 38% contra 37,7%.

11 de agosto

Este 11 é o Dia do Advogado. Alunos do Largo do São Francisco, em São Paulo, criaram a tradição do “Dia do Pendura” para marcar a data, aplicando calote em restaurantes. Daí a origem, hoje, do Dia do Garçom.

Imunização global

O mundo já aplicou mais de 4,48 bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19. Até esta segunda-feira (9), 30,2% da população global já recebeu ao menos uma dose e 15,7% está completamente imunizada.

Pensando bem...

... o voto, impresso ou não, leva só alguns segundos, bem diferente dos que são transmitidos na TV.

Vídeos Relacionados