Cláudio Humberto
Coluna CH / 02 de junho

MP para turbinar Pimenta eleitoralmente no RS gera desconfiança e protestos

acessibilidade:
MP de Lula transformou Paulo Pimenta (foto) em uma espécie de governador biônico do Rio Grande do Sul (Foto: EBC)

A Medida Provisória (MP) que colocou Paulo Pimenta como ministro para auxiliar na reconstrução do Rio Grande do Sul é vista com desconfiança por parlamentares que enxergam intenções eleitoreiras de Lula ao colocar o gaúcho pré-candidato como uma espécie de governador biônico. Há movimentos para encurtar a estadia do ministro no comando da pasta extraordinária, prevista para perdurar até fevereiro de 2025. “Foi um gesto político baixo, politiqueiro”, avalia o senador Girão (Novo-CE).

Pré-campanha

Deputado pelo Rio Grande do Sul, o petista Paulo Pimenta não esconde a vontade de disputar o governo estadual em 2026.

Sem utilidade

Cresce a pressão para deixar a MP perder a validade, em setembro. O nível da água já deverá ter abaixado e o ministério poderá ser fechado.

Vai cair

“O PT quer fazer tudo: culpar, lacrar, lançar candidato, menos salvas os gaúchos”, diz senador Ciro Nogueira (PP-PI) ao esperar a queda da MP.

Sem clima

Para o senador Marcos Rogério (PL-RO), não há clima para aprovar a medida, “A situação das MPs está muito ruim”, avalia o senador.

(Foto: Gil Ferreira/ Agência CNJ)

‘Justiça jabuticaba’ custou R$30 bilhões em 2023

Ramos ‘jabuticaba’ do Judiciário, que ganharam esse apelido por ser daquelas coisas que a gente só vê no Brasil, como a fruta nativa da Mata Atlântica, a Justiça do Trabalho e a Justiça Eleitoral custaram ao pagador de impostos R$30,3 bilhões em 2023, indica o relatório Justiça em Números, divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A fortuna é quase 25% dos R$132,8 bilhões que o todo o Judiciário custou no ano.

Valor unitário

Segundo dados do CNJ, o valor total da despesa por brasileiro é de R$113,40 na Justiça do Trabalho e de R$35,88 na Justiça Eleitoral.

Fábrica de marajás

Da bilionária despesa, a Justiça do Trabalho torra 95% com folha de pagamento, maior proporção de todo o Judiciário. A Eleitoral, 88%.

Trocado

Na lista de despesa por segmento, a Justiça Militar Estadual é a de menor custo, R$235,3 milhões. Corresponde a 0,2% do total.

Poder sem Pudor

A namorada de Pimenta

Cansado, o então ministro Pedro Parente tirou uns dias de folga. Ficou longe de tudo e de todos, principalmente dos jornais e da TV, mas atendeu ao telefonema da mulher, jornalista, naquela noite de 20 de agosto de 2000: “Pedro, o Pimenta matou a namorada!”. O ministro-chefe da Casa Civil de FHC quase teve um enfarte: “Meus Deus, que desgraça!... E eu nem sabia que ele tinha namorada!”. Por um instante ele achou que ela se referia ao ministro Pimenta da Veiga (Comunicações) e não Pimenta Neves, diretor do jornal Estado de S.Paulo que havia assassinado Sandra Gomide.

Nem leu

Carta que Lula enviou aos organizadores da Marcha para Jesus nem mesmo foi lida no palco do evento. Na edição do ano passado, a simples menção ao nome do petista impulsionou saraivada de vaias.

Péssimo cabo

Até o Datafolha captou crescente rejeição a nomes apoiados por Lula (PT) na disputa pela Prefeitura de São Paulo. O número, que era de 37% em agosto/2023, pulou para 45% no levantamento de maio/2024.

Roubem Hood

Lula se vende como o “cara da teologia da libertação, que fez voto de pobreza”, diz José Medeiros (PL-MT). “Mas, na prática pega dinheiro do BNDES... É o cara que tira dinheiro dos pobres para dar aos ricos”.

Lula rejeitado

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Rep) leva melhor em relação a Lula (PT) entre eleitores de Praia Grande (SP) revela o Paraná Pesquisas. Tarcísio tem 73,7% de aprovação, Lula fica com 41,3%.

Frase do dia

“Lula é um desastre”

Senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) sobre recorde do déficit nominal no governo Lula

Muitos na Justiça

A riquíssima Estapar, empresa de rede de estacionamentos, lamentou a perda de carros estacionados no aeroporto Salgado Filho (Porto Alegre) que foram inundados, mas avisou que não vai pagar pelo prejuízo.

Passou a corrente

O deputado André Fernandes (PL-CE) fechou o gabinete que mantinha em Fortaleza após sucessivos ataques de criminosos. O parlamentar lamentou, mas diz que o fechamento é pela segurança da equipe.

Reforço no DF

A Educação do Distrito Federal vai ganhar reforço de mais de 4 mil novos servidores. Só professores são mais de 3,2 mil. O anúncio foi feito pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), que autorizou as contratações.

Até tu?

A lavada homérica no Congresso que reestabeleceu o fim da farra da saidinha de presos contou com um voto petista contra o presidente Lula: o senador Fabiano Contarato (ES).

Pensando bem...

...expor pré-candidato antes da disputa quase sempre é má ideia.

Reportar Erro