Cláudio Humberto
Coluna CH/31 de julho

Média semanal de pesquisas mostra subida de Lula

acessibilidade:
Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Fotos: Flickr PR e Inst. Lula
Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Fotos: Flickr PR e Inst. Lula

Análise da Potencial Inteligência das intenções de voto (APIV), feita em parceria com o site Diário do Poder, com base nas pesquisas eleitorais revelou aumento da vantagem de Lula na liderança com 43,7% contra 41,1% da semana passada. Bolsonaro continua em segundo, mas com 32,6%, queda de 0,8% em relação à APIV anterior. Com os resultados, é a primeira vez que a diferença média dos dois supera os dois dígitos.

Explicação

A Potencial Inteligência atribuiu o resultado a atualização dos números dos maiores colégios eleitorais pelo TSE, onde Lula leva vantagem.

Onde interessa

Pelos novos dados, os cinco maiores Estados somam agora 53,7% do eleitorado e o petista lidera nos quatro maiores: SP, MG, RJ e Bahia.

Demais participantes

Pelo APIV, Ciro Gomes tem 6,7% e Simone Tebet 1,5%. Brancos e nulos somam 7%, indecisos têm 5,4% e os outros candidatos 3,2%.

Metodologia

Os resultados levam em conta as últimas pesquisas eleitorais para presidente realizadas nos estados, com exceção de Amapá e Rondônia

Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Fotos: Flickr PR e Inst. Lula
Sede do TSE, em Brasília. Foto: Macello Casal Jr./Agência Brasil

Registro de candidatura é bomba-relógio no TSE

O receio de assessores do Planalto sobre possível negativa de registro da candidatura de Jair Bolsonaro à reeleição foi a mesma expressada em março pelo ministro aposentado do Supremo Marco Aurélio Mello. Ele, que foi três vezes presidente do Tribunal Superior Eleitoral, lembrou que o poder de influência do presidente do TSE sobre outros membros é maior que em outras cortes superiores e diz “temer muito” porque Alexandre de Moraes, à frente do TSE, presidirá as eleições.

Timing perfeito

Pedidos de registro de candidatura a presidente da República podem ser apresentados até o dia 15 de agosto. Moraes assume o TSE dia 16.

Receita para o desastre

Mello citou possibilidade de Moraes, a quem chamou de xerife, indeferir a candidatura de Bolsonaro. “Será um rebuliço sem tamanho”, disse.

Falta temperança

O grande problema, segundo Mello, é que Moraes esquece que “não é mais secretário de Segurança Pública, não é mais ministro da Justiça”.

Poder sem Pudor

Um paciente em fria

O programa de inauguração do Hospital dos Radialistas, no Rio, previa até uma cirurgia a ser realizada pelo então presidente Juscelino Kubitschek, que era médico em Carlos Frias. Sérgio Porto, o Stanislaw Ponte Preta, não deixaria de fazer uma advertência: “Não é preciso ser Carlos para entrar em frias. E fígado não é rins, que todo mundo tem dois...”

Por aclamação

Pessoas próximas a Michel Temer garantem que o ex-presidente está doido para ser “conclamado” a se transformar numa “opção de consenso” no MDB, cuja candidata Simone Tebet afunda a cada dia.

Maior saia justa

O apoio de Luciano Bivar a Lula e PT antecipou a saia justa que muitos candidatos a governador esperavam apenas no 2º turno, este ano. Bivar preside o União Brasil de Sergio Moro, que meteu o petista na cadeia, e de ACM Neto, que consolidou liderança na Bahia se opondo ao PT.

Cenário global

Apenas na última semana o mundo atingiu a marca de 67%, dois terços, das pessoas vacinadas com ao menos uma dose de vacina contra a covid. Países de baixa renda ainda não chegam à marca de 20%.

Pesos e medidas

O deputado José Medeiros ironizou o TSE por exigir assinatura física para criar partido e impedir impressão física do voto. “Transformando o Brasil num desses países que onde não existe segurança jurídica”.

Frase do dia

TCU gastou mais de R$4 milhões com viagens ao exterior

Senador Alvaro Dias (Pode-PR) ao questionar contas de que governos foram auditar

Burocracia menor

O deputado Efraim Filho (União Brasil-PB) foi o relator do projeto que virou lei e resultou na nova carteira digital, que finalmente entra em vigor. “Vai facilitar a vida identificar-se com um só número em todo o país”, diz.

Resultado prático

Dois meses e meio depois de assumir o Ministério de Minas e Energia, Adolfo Sachsida comemorou recentes ações do governo, que fizeram o litro da gasolina, segundo dados da ANP, ser menor que o cobrado nas bombas das sete maiores economias do mundo. “Passo a passo”, diz.

Olho vivo

Golpistas têm enviado mensagens com intimações de falsos protestos de dívidas, mas usando informações reais, obtidas pelos vazamentos de dados pessoais, e com brasão da República para dar legitimidade.

Emprego e renda

O agronegócio sempre traz boas notícias para a economia e ganhou a companhia do setor de serviços, em franca recuperação pós-pandemia. Segundo dirigentes lojistas de SP, a alta no 1º semestre foi de 24,8%.

Pensando bem...

...vende-se lula em frente ao tríplex do Guarujá.

Reportar Erro