Cláudio Humberto

Por marcas

acessibilidade:

A maior parte (58%) das vacinas aplicadas no Brasil até agora são Coronavac, seguidas pela Oxford/AstraZeneca (39%) e Pfizer (3%).