Cláudio Humberto
Coluna CH/27 de fevereiro

MP camarada garante calote milionário das aéreas

acessibilidade:
Proposta do governo tem tudo para sobrar para o bolso do pagador de impostos Foto: Fernando Frazão

Mais uma medida provisória, agora a de nº 1.101/22, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, favorece as empresas aéreas. E mostra como é influente o lobby do setor. A MP estendeu até 31 de dezembro de 2023 o prazo para reembolso a clientes vítimas de eventos cancelados devido à covid, mas deixou de fora as companhias aéreas, que já acumulam dívida milionária. Apenas uma operadora de turismo tem R$281 milhões a receber do trio Gol, Azul e Latam para seus passageiros.

Covid rentável

As empresas aéreas usam a covid para obter mamatas e favores, mas agem como se a pandemia tivesse acabado, cobrando taxas e multas.

Olha o lucro

As multas e taxas de remarcação podem chegar a 60% do valor pago originalmente. Só da operadora credora, a tunga somaria R$168 milhões.

Exemplo real

Quando um país proíbe entrada de brasileiros e o voo não é cancelado, as empresas cobram taxa de remarcação, explica um agente de viagens.

Bye, bye, reais

Se um show for cancelado por eventual alta de casos, organizadores terão até o fim de 2023 para realizá-lo. O dinheiro não será devolvido.

João Doria anuncia a assinatura de contrato que garante os investimentos - Foto: Secom/SP.

Aliança de duas federações pode turbinar Doria

A candidatura presidencial de João Doria pode ganhar o impulso que os tucanos esperam, com a articulação de aliança entre duas federações partidárias. Há negociações com objetivo de celebrar acordo envolvendo as federações União Brasil/MDB e PSDB/Cidadania. O nome de Doria tem sido citado, no entendimento, como o mais adequado a liderar a candidatura do grupo, até porque se preparou para isso, além de mostrar características importantes para uma candidatura presidencial.

Perfil adequado

Doria é reconhecido pela perseverança e na campanha pode demonstrar experiência como gestor, mostrando o que fez no governo de São Paulo.

Grupo poderoso

A aliança tornará o candidato desse grupo muito forte, com capilaridade em todo o País, maior tempo de TV e mais de R$1,2 bilhão para gastar.

Todas as opções

Vantagem importante da aliança é que os partidos têm boas opções de candidatos a vice, sob qualquer critério: sexo, idade, região, religião etc.

Poder sem Pudor

O estilo Erundina

Luíza Erundina tem estilo. Certa vez, quando era prefeita de São Paulo, um jornal denunciou que um funcionário da administração regional da Lapa utilizara carro oficial em tarefas particulares. Não se esperava isso de um governo do PT, daí a expectativa de uma punição exemplar. O administrador, Nelson Frateschi, resolveu que o funcionário seria punido, mas não exonerado. O telefone dele tocou. Era uma irritada militante do PT: “Vocês são uns bundões!” Era ela mesma, a prefeita Luíza Erundina. Que, claro, não ficaria por muito tempo nesse partido.

Devagar, quase parando

O presidente roda-presa do Senado adiou mais uma vez a votação dos projetos para reduzir os combustíveis. Rodrigo Pacheco achou mais relevante fazer o Senado reconhecer a profissão de doula.

Sanções afetam?

Apontado como “frio e calculista”, Vladimir Putin claramente se preparou para o conflito. Além das reservas cambiais de US$680 bilhões, economia equilibrada, país abastecido de alimentos etc., a dívida da Rússia equivale a 21% do PIB. Só para comparar: a do Brasil é 86%.

Lá vem a tunga

O rateio de fato do fundão eleitoral de R$4,9 bilhões vai ser determinado em 11 de julho, quando a Justiça Eleitoral publica o número de eleitores, que é a base do limite de gastos de partidos e candidatos na campanha.

Cada vez mais difícil

O deputado Luiz Lima (PSL-RJ) comemorou dólar em queda e o Brasil como 7º país que mais recebe investimentos. “Pessoal que torce contra precisa fazer malabarismo retórico para conseguir mentir”.

Frase do dia

O inimigo vai com tudo. Devemos resistir

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky prevê o ataque russo da capital

Anos estacionado

A Ideia Legislativa do “Voto Auditável” não anda no Senado há dois anos, mas se movimenta na internet. A enquete no site e-Cidadania teve quase 3 milhões de votos: 1,49 milhão a favor e 1,42 milhão contra.

Por pouco

Faltam menos de 1,3 mil assinaturas para que se transforme em projeto de lei no Senado, a Ideia Legislativa que “puniria o agente público que obrigar o cidadão a tomar uma vacina contra a sua vontade”.

Debate público

O governo abriu consulta pública sobre a desestatização dos Correios e documentos ficarão disponíveis ao público por 45 dias. Apesar disso, quando for aprovada, a reclamação será: a sociedade não foi ouvida.

Bento XVI

Completa nove anos nesta segunda-feira (28), a renúncia do Papa Bento XVI ao pontificado da Igreja Católica. O bispo Joseph Ratzinger à época atribuiu a decisão a sua idade avançada. Completa 95 anos este ano.

Pensando bem...

...até na Ucrânia o Telegram funciona, mas no Brasil o TSE cogita censurar o aplicativo.