Cláudio Humberto
Coluna CH/4 de setembro

Doação privada para filhos de senador gera suspeitas em Pernambuco

acessibilidade:
Filhos de Fernando Bezerra Coelho (MDB) não valoriza a coerência partidária: “mudanças de vento” o levaram ao PDS, PFL, PMDB, PPS, PSB e de novo MDB Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Os filhos do ex-ministro e senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) receberam generosas doações do empresário Emival Ramos Caiado Filho, os únicos a merecerem R$600 mil, até agora, para as campanhas de deputado estadual, federal e governo de Pernambuco. A lei proíbe empresas de financiarem políticos, mas os sócios podem fazer isso como “pessoas físicas”. Emival é fundador do grupo Rialma, que venceu leilões de energia quando Fernando Filho era ministro de Minas e Energia.

Jatinho na pista

A revista Crusoé apontou Emival como dono do jato no qual o ex-ministro deixou Brasília em setembro de 2019, ao ser alvo da Polícia Federal.

Família candidata

Miguel Coelho é candidato a governador, o ex-ministro Fernando Filho a deputado federal e Antônio Coelho tenta vaga de deputado estadual.

União, Brasil

Emival Ramos Caiado Filho, primo de Ronaldo Caiado, governador do Goiás, já não comanda a Rialma. E todos são filiados ao União Brasil.

Sem resposta

O senador e filhos não responderam às tentativas de contato e nem aos pedidos de esclarecimentos sobre essas doações.

Programa Auxílio Brasil. Foto: Marcelo Casal Jr/ABr

Dois anos de Auxílio Brasil valem 10 de Bolsa Família

Os dez primeiros anos de Bolsa Família distribuíram R$180 bilhões aos brasileiros mais carentes, garantiram uma espécie de gratidão eleitoral e renderam milhões de votos em eleições futuras para o PT, que agora vê com preocupação o impacto do Auxílio Brasil. Apenas este ano, serão R$90 bilhões, metade da transferência feita por Lula e Dilma em uma década. Quaisquer que sejam as motivações, transferência de renda dessa magnitude inevitavelmente rende votos a quem faz o pagamento.

Vem mais por aí

O projeto do Orçamento (PLOA) para 2023 prevê um recorde de mais R$105,7 bilhões de Auxílio Brasil, atendendo 21,6 milhões de famílias.

Outra

Outros auxílios necessários como o do gás de cozinha e caminhoneiros destinaram mais cerca de R$2,5 bilhões e também terão efeito eleitoral.

Depende do referencial

O senador Jarbas Vasconcelos (MDB-PE) sempre disse que esse tipo de programa funcionava como compra de votos. Hoje o PT concorda.

Poder sem Pudor

Incorrigível abstêmio

Corria célere a sucessão em Minas para escolher o substituto do governador Olegário Maciel, que morrera afogado numa banheira do Palácio da Liberdade. Eram candidatos Virgílio de Melo Franco, Gustavo Capanema e Antônio Carlos, mas certo dia Getúlio chamou um modesto dentista do interior de Minas, Benedito Valladares, e o convidou para o cargo, recomendando-lhe completo sigilo sobre o convite. Mas ao chegar em casa Benedito não se aguentou e contou a sua mulher: “Getúlio convidou-me hoje para ser o governador de Minas.” E d. Odete, cética: “Mas, Benedito, você não havia me prometido nunca mais beber?”

É bom se habituar

O caso do idoso valente de Manaus, que chamou Lula de ladrão e foi ameaçado por valentões petistas, mostra que não é apenas o candidato que está despreparado para lidar com a reputação do ex-presidente.

Nada mudou

O senador Lasier Martins revelou que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, “arquivou” ou sentou em cima de 52 pedidos de impeachment de ministros do STF. “Vimos isso com Renan e com Alcolumbre”, disse.

Dica de diplomacia

A demora na reação ao atentado na Argentina gerou competição infantil, para insinuar desdém. Governos não reagem de bate-pronto, há um protocolo que percorre canais diplomáticos para evitar pressa. E micos.

Sucesso calou fundo

Marcelo Queiroga (Saúde) destacou o sumiço das notícias de pânico sobre a pandemia lembrando que em dezembro mais de 160 milhões de brasileiros tinham sido vacinados. “Hoje, são 480 milhões de doses”.

Frase do dia

Deve ter sido o Sul e o Centro-Oeste nordestino

Ministro Fábio Faria (Comunicações) sobre a suposta liderança de Lula nessas regiões

Prioridades eleitorais

A Justiça Eleitoral custou mais de R$6,3 bilhões ao pagador de impostos brasileiro em 2021, que não foi ano eleitoral. Cerca de R$5,7 bilhões foram destinados a pagar salários, e R$188 milhões para informática.

Energia limpa

Apesar de várias tentativas do lobby de distribuidoras de “taxar o sol” e dificultar a geração distribuída, o investimento em placas solares subiu 51,4% e atingiu R$63 bilhões este ano, segundo dados do Portal Solar.

Estava muito pior

Estudo da TicketLog mostrou o quanto os brasileiros sofreram com o abuso da Petrobras. Entre julho e agosto, a redução da gasolina foi de 24%, mas isso representa apenas 6% de queda ao longo de 2022.

Avanço representativo

Levantamento IRG Pesquisa (BR-003151/22) divulgado semana passada mostra que Felipe D’Ávila (Novo) teve o maior avanço entre as candidaturas a presidente do Paraná: pulou de 0,5% para 1,7%.

Pensando bem...

...em futebol, como em eleição, juiz não chuta a gol, mas bate o maior bolão quando ajuda um time a vencer.