Mais Lidas

Partido de esquerda

Um mês após renúncia, Tsipras vence eleições na Grécia

O partido de esquerda Syriza obteve 35,5% de votos gregos

acessibilidade:

O partido de esquerda Syriza planeja formar uma coalizão de governo com o pequeno partido de direita Gregos Independentes, depois de vencer a eleição parlamentar desde domingo. A informação é de um dirigente do Syriza. Com base em uma projeção oficial do Ministério do Interior da Grécia, o Syriza obteve 35,5% dos votos, o que lhe daria 145 das 300 cadeiras no Parlamento; os Gregos Independentes obtiveram 3,7% dos votos, elegendo dez deputados.

As projeções do ministério também indicam que o partido liberal Nova Democracia teve 28% dos votos e elegerá 75 deputados; o direitista Aurora Dourada obteve 7,1% dos votos e deve eleger 19 deputados; o Pasok (Partido Socialista) obteve 6,4% dos votos e deve eleger 17 deputados; o KKE (Partido Comunista) obteve 5,5% dos votos e deve eleger 15 deputados.

O recém-criado partido de esquerda Unidade Popular, formado por ex-militantes do Syriza descontentes com a aceitação das medidas de austeridade econômica exigidas pelos credores internacionais da Grécia, obteve 2,75% e ficará fora do Parlamento, por não ter atingido o mínimo de 3% dos votos. A presidente do Parlamento, Zoe Konstantinopoulou, que concorreu pelo Unidade Popular, não conseguiu se reeleger.

O líder do Nova Democracia, Vagelis Meimarakis, reconheceu a derrota e cumprimentou o ex-primeiro-ministro Alexis Tsipras, do Syriza.

"Um novo governo estará formado até quarta-feira", disse a porta-voz do Syriza, Olga Gerovasili.

O presidente da França, François Hollande, foi o primeiro chefe de governo estrangeiro a comentar a vitória do Syriza. "Esse é um resultado importante para a Grécia, que agora vai atravessar um período de estabilização com uma maioria sólida. É um sucesso importante para a Europa, que precisa ouvir a mensagem dos gregos", disse Hollande durante visita oficial ao Marrocos. (AE)

Vídeos Relacionados