Mais Lidas

Justiça Eleitoral

TSE dá prazo de 24 horas para TRE-RJ informar sobre Garotinho

Ministro do TSE reavalia habeas corpus para o ex-governador

acessibilidade:

Ministro Tarcísio Vieira.O ministro Tarcísio Vieira, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu 24 horas para o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro e o juiz da 100ª Zona Eleitoral, Ralph Manhães, a fornecerem informações sobre o andamento da ação penal do ex-governador Anthony Garotinho no caso Chequinho.

Tarcísio Leite pediu as informações após a defesa de Garotinho pedir reconsideração da liminar negada pelo ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, durante o recesso eleitoral. "Antes de analisar o pleito de revisão da decisão proferida no período do recesso forense, entendo ser necessário trazer aos autos informações complementares para elucidar se o objeto tratado no presente habeas corpus desafia a competência desta Corte Superior", disse o ministro em sua decisão.

A defesa de Garotinho alega que o juiz Ralph Manhães está apressando o rito processual. Entre as medidas recentes, ele deu uma decisão fora dos autos quando estes estavam em mãos da defesa.

Reportar Erro