Mais Lidas

Justiça?

Tragédia na Boate Kiss completa 5 anos sem condenações

Incêndio na casa noturna de Santa Maria matou 242 pessoas em 2013

acessibilidade:

A tragédia da Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, completa cinco anos neste sábado, 27, sem condenações. O incêndio na casa noturna matou 242 pessoas em 2013. A data é marcada por diversas atividades ao longo do final de semana.

As homenagens às vítimas tiveram início ainda na sexta-feira (26) com a exibição do documentário "Depois Daquele Dia" na Praça Saldanha Marinho, no Centro da cidade, onde centenas de pessoas acompanharam a história produzida pela irmã de uma das vítimas. Logo depois, foi realizada uma vigília em frente ao local onde aconteceu o incêndio em Santa Maria.

Vigília e pedidos por justiça marcam cinco anos da tragédia da boate Kiss (Foto: Reprodução/RBS TV)Por volta da 1h, uma sirene foi disparada. O barulho simbolizou as diversas ambulância e carros de bombeiros que ajudaram no resgate das vítimas naquela noite.

A vigília foi marcada ainda pelos pedidos por Justiça, já que até agora, os quatro réus no processo ainda aguardam pelo julgamento em liberdade. 

O incêndio foi provocado por um integrante da banda Gurizada Fandangueira, após acender um sinalizador que emitia fagulhas. Elas atingiram o teto feito de espuma, o que fez o local pegar fogo rapidamente, deixando 636 pessoas feridas. De acordo com o inquérito policial, 28 pessoas foram apontadas como responsáveis, entre elas os dois donos da boate, um músico e o produtor da banda.

Além disso, quatro bombeiros foram denunciados. Um foi absolvido, dois condenados pela Justiça Militar por expedição de alvará e outro pela Justiça comum por fraude processual. Todos cumprem penas em liberdade.

Reportar Erro