Mais Lidas

Confusão

Torcedores invadem treinamento do São Paulo e agridem jogadores

Objetos também foram roubados durante tumulto no CT

acessibilidade:

Membros de torcidas organizadas invadiram o Centro de Treinamento do São Paulo, na manhã deste sábado (26), na Barra Funda, zona oeste da capital paulista, e paralisaram o treino. Segundo a assessoria de imprensa do clube, Michel Bastos e Wesley foram agredidos durante a invasão. A diretoria vai se manifestar por meio de nota ainda hoje.

De acordo com o globoesporte.com, mais de 350 torcedores protestavam do lado de fora do CT por conta do retrospecto ruim da equipe no ano quando resolveram invadir o local, por volta de 11h. Policiais e seguranças do clube tentaram conter o movimento, mas não conseguiram.

Os atletas estavam no meio do campo e não tiveram tempo de voltar para os vestiários. Muitos torcedores foram para cima de Michel Bastos e Wesley, insultando-os e cobrando pelos resultados ruins da equipe. A assessoria de imprensa do São Paulo informou que a dupla foi agredida. Carlinhos também foi um dos alvos principais do protesto.

Objetos também foram roubados durante tumulto: 14 bolas, um galão de água, cinco garrafas e dez camisas de treino. Um torcedor foi preso em flagrante. Às 11h35, a equipe de segurança conseguiu remover a torcida de um dos campos, mas o protesto continuou do lado de fora do CT e se encerrou por volta de meio-dia. O trânsito na Avenida Marquês de São Vicente ficou lento.