Mais Lidas

Até tu

Tesouro confirma atraso de R$ 500 milhões em pagamento do Minha Casa Minha Vida

Programa Minha Casa Minha Vida deixou de receber R$ 500 milhões

acessibilidade:

Brasília – O coordenador-geral de Análise Econômico-Fiscal de Projetos de Investimento Público do Tesouro Nacional, Hailton Madureira de Almeida, informou nesta quarta-feira (25) que cerca de R$ 500 milhões em pagamentos de obras do programa Minha Casa Minha Vida estão atrasados.

De acordo com Almeida, 100% dos recursos disponíveis para o mês de março já foram liberados. "Temos cerca de R$ 500 milhões pendentes para pagamento do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR)", disse. O FAR recebe recursos do Orçamento Geral da União para viabilizar a construção das unidades habitacionais. Segundo ele, esses atrasos não ultrapassam 30 dias. "Estamos tentando reduzir (os atrasos) cada vez mais", ressaltou.

O representante do Tesouro Nacional avalia que, com a programação de pagamentos de abril, a situação seja normalizada. "Serão mais de R$ 1 bilhão para o Minha Casa Minha Vida e acho que vai regularizar esse atraso", disse.

As afirmações foram feitas em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara, que discute neste momento a disponibilidade e liberação de recursos para o Minha Casa Minha Vida. Almeida disse que o governo tem aumentado, ano após ano, os aportes ao programa e que "vai continuar assim". "Mesmo em 2015, que temos queda de receita real, uma dificuldade econômica, já pagamos R$ 3,8 bilhões até hoje, 25 de março", informou. (AE)