Mais Lidas

37%

Temer sanciona aumento para PF, PRF e Dnit

Aumento concedido deve ter impacto também no Distrito Federal

acessibilidade:

O presidente Michel Temer sancionou a lei que aumenta a remuneração de cinco categorias públicas, incluindo servidores da Polícia Federal (PF), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A lei, publicada no Diário Oficial da União (DOU), já está em vigor, mas produzirá efeitos somente a partir de 1º de janeiro de 2017.

Segundo a lei, os reajustes serão diferenciados por categoria e parcelados nos próximos três anos, a partir de 2017. No caso de delegados e peritos da PF, o salário no final da carreira, que hoje é de R$ 22.805,00, passará a ser de R$ 30.936,91 em 2019. Para policial rodoviário federal, a remuneração, atualmente em R$ 12.206,09 no final da carreira, chegará a R$ 16.552,34 em 2019.

A sanção da lei tem impacto no Distrito Federal, uma vez que os policiais civis brasilienses estão em campanha salarial e reivindicam o mesmo reajuste concedido aos federais, cobrando a tradicional paridade com a PF. O governador Rodrigo Rollemberg, ainda na campanha, prometeu o reajuste, mas agora alega falta de verba.