Mais Lidas

Crise política

Temer definiu a saída de Geddel durante conversa no início da manhã

Presidente e ex-ministro acertaram demissão nesta sexta cedo

acessibilidade:

Presidente Michel Temer.A demissão de Geddel Vieira Lima do cargo de ministro-chefe da Secretaria de Governo não foi uma decisão pessoal, mas sim produto de uma conversa que ele teve com o presidente Michel Temer de manhã cedo. Temer fez ver ao ex-ministro as dificuldades que o governo enfrentava, com sua permanência.

A conversa entre Temer e Geddel foi marcada por lembranças de embates políticos que ambos travaram juntos ao longo dos últimos trinta anos, mas os dois chegaram à conclusão de que o melhor caminho seria pedir demissão.

Geddel deixou a conversa com Temer prometendo enviar-lhe sua carta de demissão até o meio-dia. Esperava-se um texto mais longo e elaborado, mas, no final, o ex-ministro optou pelo tom mais pessoal e objetivo, tratando Temer como "fraterno amigo" e mencionando o sofrimento da sua família como principal razão da demissão. Aí, ele contou lorota: sua saída foi obtida pelo presidente da República, com seu jeito suave de convencer os interlcutores.

Reportar Erro