Operação Lava Jato

Submundo da corrupção faz festa com soltura

Submundo da corrupção faz festa com soltura de acusados da 'Lava Jato'

acessibilidade:

O submundo da corrupção, ferido de morte com a Operação Lava Jato, da Polícia Federal, está em festas desde a decisão de soltar os 12 presos, e suspender a tramitação de inquéritos e ações penais. Inclusive pelo crime de obstrução da Justiça. Familiares e amigos dos meliantes presos deixaram seus afazeres, incluindo trabalho e escola, para começar a festejar antes mesmo da libertação deles.

A prisão de Paulo Roberto Costa era considerada a mais ?incômoda?. Não por acaso, até como autor do recurso, foi o primeiro a ser solto.

Advogado de Paulo Roberto Costa, Fernando Fernandes, jacta-se em seu site, de obter decisões que ?inauguram linhas jurisprudenciais?.

O ministro Teori Zavascki, do STF, liberou os presos na Operação Lava-Jato. Ok. Agora é esperar que não sumam a jato também. Leia mais na Coluna Cláudio Humberto.

Reportar Erro