Mais Lidas

Doação secreta

Sindicato de advogados quer investigar doação da OAB-RJ às seccionais PA e CE

Quintão representou junto à Corregedoria do Conselho da OAB

acessibilidade:

O presidente do Sindicato dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro, Álvaro Quintao, protocolou hoje (23), na Corregedoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, representação contra a OAB-RJ, requerendo que sejam investigadas as doações feitas pela instituição às seccionais do Pará e Ceará.

No dia 8 de janeiro, o Diário do Poder informou, a partir de uma denúncia feita pelo sindicato, que a OAB-RJ gastou R$ 120 mil dos cofres da entidade na confecção de 17 mil agendas para distribuição aos advogados inscritos na OAB do Pará.

Duas semanas depois, o site Focus denunciou que a OAB-CE deve receber a ajuda da OAB-RJ para mobiliar a sede que está sendo concluída, na avenida Washington Soares. A informação foi dada pelo secretário-geral da entidade, advogado Fábio Timbó, em reunião do Tribunal de Defesa das Prerrogativas dos Advogados e confirmada pela Assessoria de Comunicação da entidade”.

Na representação ao corregedor Ibaneis Rocha Barros Junior, Quintão requer que as operações entre as seccionais sejam investigadas. “Para que haja repasse de valores de uma seccional para outra, é necessário que este repasse seja previamente apreciado pelo Conselho Federal da OAB, pois assim está estabelecido no §5º, do artigo 56, do Regulamento Geral da OAB”, diz um trecho do documento.

Vídeos Relacionados