Mais Lidas

Mudanças no Itamaraty

Serra cria um segundo cargo de secretário-geral no Itamaraty

Marcos Galvão chega e Danese fica; Jaguaribe vai para Apex

acessibilidade:

O ministro José Serra (Relações Exteriores) decidiu criar mais um cargo de secretário-geral do Itamaraty, mantendo o atual, embaixador Sérgio Danese, e nomeando na outra vaga o embaixador Marcos Galvão.

Danese e Galvão são muito admirados pelos colegas da carreira. Galvão é o atual chefe da missão brasileira junto à Organização Mundial do Comércio (OMC), cujo diretor geral é outro brasileiro, o embaixador Roberto Azevêdo. 

Cada um dos secretários gerais cuidará de um setor, a administração e a política externa propriamente dita. Os secretários gerais são substitutos eventuais do titular do MRE, chanceler José Serra.

Serra convidou um outro diplomata para a presidência da Apex Brasil, a Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos: o atual embaixador do Brasil em Pequim (China), Roberto Jaguaribe. A Apex Brasil integrava o Ministério do Desenvolvimento e agora faz parte da estrutura do Ministério das Relações Exteriores.

A opção por dois secretários gerais foi adotada pela primeira vez no governo Fernando Collor, cujo chanceler foi o ministro Francisco Rezek. Foram nomeados para os postos os embaixadores Marcos Azambuja, responsável pela área de política externa, e Eduardo Hosannah, pela área de administração.