Mais Lidas

Sem desperdiçar balas

acessibilidade:

A política sempre produziu malucos. O ex-governador de Alagoas Silvestre Péricles, certa vez, recebia uma comissão que pretendia a criação de uma Faculdade de Filosofia quando resolveu puxar conversa com um dos presentes, padre Teófanes de Barros, educador emérito:

– Veja, padre, que blasfêmia: meus inimigos espalham por aí que eu coloco os retratos deles no quintal do Palácio e fico treinando tiro ao alvo.

– Que calúnia, governador – concordou o padre, homem gentil.

– Que besteira! Se fosse para atirar eu não ia ficar gastando munição em retratos. No dia que resolver, saio é atirando na bunda deles!

Vídeos Relacionados