Mais Lidas

Seis meses depois

Schumacher sai do estado de coma e deixa o hospital de Grenoble

Ele estava internado desde o dia 29 de dezembro

acessibilidade:

O ex-piloto da Fórmula 1 Michael Schumacher saiu do coma e já deixou o hospital de Grenoble, leste da França. Ele estava internado desde o dia 29 de dezembro, quando sofreu um acidente grave enquanto esquiava. A notícia foi confirmada pelo porta-voz da família. “[Schumacher] não está mais em estado de coma”, disse o porta-voz Sabine Kehm. “[Ele vai seguir com] o longo processo de recuperação. A família deseja agradecer expressamente aos médicos, enfermeiros e à administração do hospital de Grenoble”, concluiu.

Schumacher tem 45 anos, é heptacampeão mundial de Fórmula 1 e deu a boa notícia no dia em que seu país vai estrear na Copa do Mundo, a Alemanha. A família prometeu conceder uma entrevista coletiva em breve, mas pediu para que os jornalistas respeitem a situação do campeão: “Pedimos a todos, por favor, que no futuro respeitem o fato de que esta longa fase de readaptação acontecerá de maneira privada”.

o ex-piloto bateu de forma violenta em um rocha enquanto praticava esqui com seu filho e um grupo de amigos, na estação alpina de Meribel, na França.  Os médicos informaram que ele teve várias lesões cranianas “difusas e graves” e, por isso, tiveram que induzir o estado de coma artificial de Schumacher.