'Caso das escutas'

Sarkozy será julgado por corrupção e tráfico de influência em novo caso

Segundo o 'Le Monde', ex-presidente teria usado sua influência para obter detalhes de inquérito

acessibilidade:

O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy será julgado por acusações de corrupção e tráfico de influência no chamado “caso das escutas”, segundo informações do jornal Le Monde, nesta quinta-feira, 29.

O caso teve início depois que investigadores usaram grampos telefônicos para investigar alegações separadas de que o ex-líder líbio Muamar Kadafi – morto em 2011 – teria financiado a campanha de Sarkozy.

Pelas conversas, eles começaram a suspeitar de que o ex-presidente estaria acompanhando um outro caso por meio de uma rede de informantes. Deduziram que Sarkozy tentava obter, por meio do ex-juiz Gilbert Azibert, informações secretas do processo que investigava se Liliane Bettencourt, herdeira do império de cosméticos L'Oréal, financiou ilegalmente sua campanha de 2012.

A investigação foi finalizada em 2016, mas diversos recursos atrasaram o andamento do processo, e a decisão dos juízes de instrução, da qual podem recorrer os acusados, foi assinada hoje.

Nicolas Sarkozy ainda tem um julgamento pendente pelo suposto financiamento irregular de sua campanha eleitoral de 2012

Reportar Erro