Mais Lidas

'Campanha perdida'

Republicanos assinam carta pedindo que partido deixe de financiar Trump

Grupo considera que corrida à Casa Branca já está perdida

acessibilidade:

A campanha do magnata Donald Trump pode perder apoio dos próprios republicanos que bancam o partido. O presidente do partido recebeu na terça-feira, 16, uma carta assinada por 123 signatários pedindo que o grupo deixe de financiar a campanha à Casa Branca. Eles consideram que a disputa já está perdida e que se deve concentrar os recursos em manter a maioria conservadora no Congresso.

Na carta, eles asseguram que a mera presença de Trump ameaça tornar as eleições de novembro, não apenas as presidenciais, em uma “vitória arrasadora” dos democratas.

Atualmente, os republicanos têm maioria confortável tanto no Senado como na Câmara dos Representantes. Segundo a carta, essa vantagem poderia se dissipar em favor do partido da ex-secretária de Estado Hillary Clinton.

Uma das signatárias da carta, Sharon Castillo, que trabalhou como assessora nas campanhas presidenciais republicanas de George W. Bush em 2004 e Mitt Romney em 2012, afirmou que a campanha de Trump “está afundando” e que “pode causar um desastre” em seu caminho.

Segundo Sharon, a carta representa um “pedido respeitoso” ao presidente do partido, Reince Priebus, para realocar os fundos disponíveis às “disputas no Congresso que estão em perigo” e advertiu que ao não fazê-lo, a responsabilidade de perder o controle das Câmaras recairá sobre a direção republicana.

Além do motivo estratégico de manter o Congresso, ela explicou que há um cenário político de oposição a um candidato que “não é conservador”, não está preparado para a política pública e que representa uma “vergonha” para o cenário internacional.

Sharon ainda mencionou os seguidos insultos de Trump aos imigrantes e a proposta do empresário de construir um muro na fronteira com o México.

Vídeos Relacionados