Mais Lidas

Impeachment

"Uma inverdade na boca do parlamentar ofende toda a nação", rebate Janaína

Senadores de Dilma acusaram Janaína de ter recebido dinheiro

acessibilidade:

Acusada pelos senadores que defendem a presidente afastada Dilma Rousseff de ter recebido dinheiro e ser ligada a um partido, a jurista Janaína Paschoal, responsável pela acusação no processo de impeachment, rebateu na manhã desta quinta-feira (25) os parlamentares e pediu respeito. 

"É importante reiterar. Eu sou uma advogada. Se eu tivesse sido contratada para oferecer essa denúncia e estivesse recebendo por isso não teria a menor vergonha em dizer que isso aconteceu. No entanto, é sabido que eu não fui contratada por partido nenhum, não recebi remuneração nenhuma para fazer esse trabalho, as despedas todas de viagem são por minha conta. Então eu quero que fique claro e peço respeito aos parlamentares que vêm me ofendendo cessem com as inverdades, porque eles sabem que estão fazendo inverdades. Eu não fui contratada para oferecer essa denúncia", declarou.

"Eu fiz esse pedido ao lado de Hélio Bicudo, que saiu do PT por causa dos desmandos do partido. Então eu gostaria de solicitar que eu parasse de ser ofendida com ilações de que teria recebido. Se eu tivesse recebido, chegaria aqui e diria, porque não seria ilícito. Porém não recebi. Isso é uma inverdade e uma inverdade na boca do parlamentar ofende toda a nação", criticou.

A advogada usou o estatudo da Ordem doa Advogados do Brasil que garante ao profissional interferir sempre que for ofendido.

Vídeos Relacionados