Mais Lidas

Guerra de facções

Quase todos os 26 mortos em presídio de Natal foram decapitados

Atos de barbárie dificultaram contagem dos corpos em Natal

acessibilidade:

O governo do Rio Grande do Norte confirmou que 26 presos morreram, quase todos decapitados, no confronto entre facções criminosas na Penitenciária. O confronto começou na tarde de sábado (14) e terminou 14h depois já na manhã deste domingo (15). É o terceiro caso em penitenciárias este ano, depois de Manaus (AM) e Boa Vista (RR).

O secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra, disse que haverá reforço nas guaritas e nos arredores do presídio durante a noite para evitar fugas, e que na segunda-feira será realizada uma nova revista na unidade para buscar armas.

O secretário de Justiça, Wallber Virgolino, afirmou que os líderes identificados estão isolados e que ele espera que nesta segunda-feita (16) seja feita a transferência de presos para outras unidades.

Ele não descartou a possibilidade de existirem mais corpos em fossas do presídio, e disse que na segunda-feira haverá uma nova busca.