Kassab escolhe Skaf

PSD surpreende, larga PSDB na mão, e fecha com PMDB paulista

Partido de Kassab surpreende e apoia Paulo Skaf ao governo paulista

acessibilidade:

O desfecho da novela envolvendo as alianças do PSD, presidido pelo ex-prefeito Gilberto Kassab, foi surpreendente. O partido abandonou as negociações com o PSDB, sobre apoiar a reeleição de Geraldo Alckmin, e decidiu ficar com a candidatura de Paulo Skaf (PMDB). A decisão foi tomada após reunião entre a cúpula do partido nesta sexta-feira (27).

Com o acordo, o tempo de Skaf em propaganda eleitoral aumenta em cerca de 1m15s. No total, o peemedebista já tem pouco mais de 5 minutos. O empresário está em segundo lugar nas intenções de voto para o Executivo paulista. Aparece com 21% contra 44% do primeiro colocado, o governador Geraldo Alckmin.

A decisão enterra de vez a possibilidade do PSD emplacar o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles no governo de São Paulo, como chegou a ser divulgado por Kassab.

Reportar Erro