Mais Lidas

CNT/MDA

Próximo presidente assume com dever de mudança

Eleitores querem que próximo presidente mude maioria das ações

acessibilidade:

De acordo com a pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira, 23, aumentou de 37,7% para 39,5% o número de eleitores que querem que o próximo presidente do Brasil mude a maioria das ações do governo atual. Mas 27,9% concordam com o governo petista e preferem que seja mantida a maioria das ações. No levantamento anterior, divulgado no dia 8 de setembro, 24,6% dos entrevistados marcaram esta opção.

A rejeição e clamor por mudança total, que na pesquisa anterior era de 28,4% caiu para 24,5%. O oposto também teve queda. Enquanto no início do mês 8,3% queriam que toda a forma de governar fosse mantida, hoje, apenas 6,6% concordam com o atual modelo.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas das cinco regiões do País, nos dias 20 e 21 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos porcentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00753/2014.

Vídeos Relacionados