Mais Lidas

Homenagem à Madiba

Primeiro ministro negro do STF lamenta morte de Mandela

?A morte de Nelson Mandela torna o mundo mais pobre de referências de coragem", disse Joaquim

acessibilidade:

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, também lamentou a morte do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela. “Em nome do Supremo Tribunal Federal, envio minhas profundas condolências à senhora Graça Machel e aos familiares de Nelson Mandela, assim como ao povo e ao governo sul-africanos?, escreveu Barbosa. ?A morte de Nelson Mandela torna o mundo mais pobre de referências de coragem, dignidade e obstinação na defesa das causas justas. Sua vida altiva traduziu o sentido maior da existência humana. Seu nome permanecerá como sinônimo de esperança para todas as vítimas de injustiça em qualquer parte do mundo?, completou.

Atual chefe do poder Judiciário, Joaquim Barbosa é o primeiro ministro reconhecidamente negro do STF e já se tornou um dos maiores representares da luta negra no Brasil por ter chegado onde chegou, sempre estudando em escolas públicas do Distrito Federal. A causa negra foi a maior bandeira levantada por Mandela, que liderou a luta contra o apartheid na Àfrica do Sul.

Reportar Erro