Mais Lidas

Efeito reforma

Presidente Temer pune 31 deputados após ‘infidelidade’ na reforma trabalhista

31 deputados infiéis na reforma trabalhista perdem boquinhas

acessibilidade:

Foram 31 os deputados que perderam cargos no governo Michel Temer, inclusive para seus apadrinhados, em razão das traições na votação da reforma trabalhista na Câmara, aprovada por 296×177 votos. Entre os cargos retirados estão vice-lideranças na Câmara, cargos em ministérios, direção de autarquias, além de representações de órgãos federais nos Estados, gestão em empresas estatais etc. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As exonerações representam um recado aos “infiéis”, mas isto será reavaliado pelo Planalto e eventualmente redistribuídos entre aliados.

Segundo André Moura (PSC-SE), líder do governo no Congresso, “quando o assunto são reformas, o governo não está de brincadeira”.

Carlos Marun (PMDB-MS) perdeu uma vice-liderança do governo. Esse tipo de função dá direito a nomear mais assessores no parlamento.

Vídeos Relacionados