Mais Lidas

Presidente da Ancine viajou metade do mandato

Rangel passou metade do mandato viajando e recebeu R$800 mil

acessibilidade:

O presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Manoel Rangel Neto, passou viajando mais da metade dos últimos doze anos de mandato. Levantamento no Portal da Transparência mostra que em 31 de dezembro de 2016 ele completou 4.285 dias no cargo, dos quais 2.214 em viagem. Tantas viagens renderam a Rangel mais de R$790 mil em diárias, além dos R$ 16 mil ao mês dos seus vencimentos.

O presidente da Ancine, que está em fim de mandato, fez 738 viagens aéreas entre 2005 e 2016, bancadas pelo contribuinte.

Viagens de Rangel impressionam no volume: ele bateu asas, às custas do contribuinte, uma vez por semana, em média.

Só em 2013 Rangel realizou 70 viagens nacionais e internacionais. No ano eleitoral de 2014 foram 52; 62 em 2015 e 59 viagens em 2016.

A Ancine não quis comentar os ganhos de quase R$ 800 mil do seu presidente apenas com diárias, tampouco explicar suas viagens.

Reportar Erro